domingo, 11 de maio de 2008

Como evitar odores nos pés

Pés malcheirosos (o popular "chulé") não são apenas antisociais e desagradáveis - também são sinônimo de má higiene dos pés. Mas isso pode ser facilmente eliminado se você passar a seguir alguns hábitos saudáveis e algumas dicas. O chulé é causado por bactérias que se alimentam da pele morta em meias ou sapatos sujos ou mal-lavados. Quando há umidade presente, por exemplo, em pés suados ou meias cujo tecido não permite que aqueles respirem apropriadamente, o cheiro torna-se ainda pior. Abaixo mostraremos algumas formas de resolver esse problema.

Coisas que você precisará:

- Talco
- Antitranspirante
- Sabão
- Meias e sapatos limpos
- Bicarbonato de Sódio
- Vinagre
- Antiséptico

1º. Passo:
Mantenha seus pés secos, limpos e sem umidade. Use água e sabão para lavá-los e limpe-os todo dia, e se possível, várias vezes por dia, caso você sue em excesso ou notar que existe cheiro forte. Passar talco nos pés após lavá-los, e também dentro das meias é outra forma de prevenir ou, pelo menos, reduzir o cheiro.

2º. Passo:
Lave e troque suas meias frequentemente, já que o odor vem normalmente de bactérias que se desenvolvem entre a pele morta que fica acumulada nas meias e sapatos. Também evite sapatos e meias que não permitem que seus pés "respirem". Por exemplo, use meias feitas de algodão e não use sapatos de borracha ou de plástico; os de couro são preferíveis.

3º Passo:
Se você tem tendência a ter frieiras, aplique spray antiséptico nos pés, especialmente entre os dedos e em seguida passe talco.

4º Passo:
Faça "escalda-pés" regularmente. Alguns produtos que eliminam odores e reduzem as condições que os produzem são: bicarbonato de sódio e vinagre. Dissolva 3 colheres de chá de bicarbonato em uma bacia com água morna. Você também pode adicionar algumas ervas aromáticas como lavanda na água.

5º Passo:
Mantenha seus sapatos sempre limpos por dentro e por fora. Guarde-os em local seco e arejado.

6º Passo:
Se mesmo após seguir todos esses passos, os odores continuarem e não se reduzirem, é bem provável que se trate de um problema de saúde. Consulte um médico especialista, um podólogo. Também reveja sua alimentação, pois algumas comidas podem causar excesso de transpiração nos pés e no corpo todo.

Um comentário:

heloisa disse...

ótimo! Vou usar as dicas