sexta-feira, 23 de maio de 2008

Como evitar erros bobos de Matemática


Cometer erros estúpidos em provas de matemática é algo muito comum. A maioria de nós já teve esse problema, mas alguns tem mais dificuldades do que outros. Se você acha que é péssimo em matemática, exatamente por não conseguir um jeito de evitar esses erros, tente seguir as dicas abaixo:

1 - Escreva de forma LEGÍVEL! Isso soa meio óbvio, mas a maioria dos tais erros bobos resultam do fato das pessoas não conseguirem entender o que elas mesmas escreveram. Por exemplo, um 9 que acaba parecendo um 7,um 4 que parece um 9. Um 6 que parece um zero.

2 - Tente fazer uma estimativa de quanto deve dar a sua resposta. Se você está resolvendo um problema que contém decimais, isto é muito importante. Por exemplo, se você quer calcular quanto é 2,2 x 2,3, arredonde os dois para baixo e pense no problema como sendo 2 x 2. Então a resposta deve ser algo muito próximo e acima de 4. Se sua resposta foi 50,6, fica claro que algo está bastante errado. Logo, você deve verificar as casas decimais. Já se sua resposta foi 5,06, então é bem perto de 4. Se você não cometeu erros nas operações fundamentais, essa deve ser a resposta correta.

3 - Use folhas com linhas, ao invés das brancas. Muitos erros resultam da má colocação dos números em colunas erradas. Esse tipo de cuidado é especialmente importante em divisões longas.

4 - Fale consigo mesmo, dentro de sua cabeça. Isso parece meio estranho, mas pode ajudar muito. A idéia é tentar simular que você está conversando com outra pessoa e ouvindo a resolução do problema.

5 - Cuidado com os sinais. Muitos estudantes fazem a adição quando na verdade deveriam estar subtraindo e vice-versa, apenas porque não tiveram a devida atenção. Se esse erro é cometido no início ou no meio de um problema, o resultado tenderá a ser tão extravagante que você pode até se desanimar de refazer tudo.

6 - Releia o enunciado das questões depois de você já tê-las resolvido. A sua resposta realmente é a que foi pedida? Às vezes o problema é composto de 2 ou 3 passos e você achou uma resposta final, mas que na verdade satisfazia apenas o 2º passo. Por exemplo: uma loja está dando 10% de desconto em todos os itens e um item custa R$9,95. Quanto você pagará nele? Se você simplesmente calcular quanto é 10% de 9,95 e escrever que a resposta é R$0,99, sua resposta estará errada. Você ainda tinha que subtrair 0,99 de 9,95 para obter a resposta exata de R$8,96. Se você relesse a questão, teria percebido que o valor de R$0,99 seria baixo demais e estaria fora da realidade (isso lembra o que foi dito no passo 2 deste guia).

7 - Quando tiver tempo, tente fazer a "prova real" de toda adição ou subtração.

Veja que as dicas parecem óbvias, mas grande parte dos estudantes costumam negligenciá-las, por pressa ou pura distração.

Um comentário:

Demonizer disse...

Muito boa iniciativa. Realmente é muito comum as pessoas (e eu me incluo nisso) cometerem erros bobos em contas relativamente fáceis.